3 de junho de 2007

Identidade


Ele tinha um cachorro chamado Mentira. O pequeno vira-lata havia ganho a divertida alcunha pelo simples fato de ter as pernas curtas. Fiel e amigo como todo cachorro, adorava passear com seu focinho ao vento na janela de Will, seu veloz automóvel que hoje estava ainda mais rápido. Ele tinha pressa em chegar em sua casa na serra, carinhosamente nomeada de Pinha pela proximidade com uma grande floresta de pinheiros. Clara, sua criada há anos, já estava com tudo pronto à sua espera. Na verdade, seu nome era outro e este pseudônimo havia sido inventado por ele ainda criança. Quando pequena, renegara sua cor e vivia a maldizer seus pais. Um dia, fugiu de casa e foi encontrada na esquina por um casal. Naná e Cani eram ótimas pessoas e todos os conheciam por seus apelidos. Eles mesmos se chamavam assim e se diziam rebatizados pela linguagem limitada de seu bebê, o único filho. Para não se sentir só em meio aquela casa enorme, ele tinha o hábito de dar nomes a todos os seus brinquedos: o soldado verde era Ivo, o monstro com nadadeiras era Matilda e a bicleta era Kátia. Seu predileto era o urso Jasão, que dizia o amar quando apertava-lhe o nariz. No entanto, a sirene que ouvira agora, ao chegar na Pinha, era bem diferente de todos os seus brinquedos. Clara chorava ao lado de policiais armados e a ordem era para se entregar. Ele estava preso por falsificação ideológica.

10 comentários:

Fabi disse...

Como sempre, um conto doido, com um final inesperado.

Adoro isso.

Rodolfo Barreto disse...

Oi Carla, obrigado pelo comentário :)

MH disse...

cada idéia... coitado do cara, ele só tinha uma criatividade exacerbada. Ou vivia em eterna fuga da realidade, sei lá.
Não vejo nada de errado com isso!

Aline disse...

O único vira-lata de perna curta que eu conheço chama Lolo e puxou o pai.

Beijos.

Aline

Nana disse...

Cara, que viagem!

Ana Téjo disse...

Rods,
Ando de coração mole. Fiquei com pena até do urso Jasão...

kats disse...

Pelo menos Katia não era o monstro com nadadeiras... Estou sempre de olho.

Nana disse...

E aí, parou? Quero posts novos!

Mariposa disse...

Vc sumiu. Também quero mais posts!

Anônimo disse...

o que eu estava procurando, obrigado